Amigão de Lula, filho e nora são réus por corrupção, E O JUIZ É SÉRGIO MORO

1544

Sergio Moro acatou a denuncia do Ministério Público e abriu ação penal contra José Carlos Bumlai, o tal amigão de Lula e outros 10 investigados na Lava-jato, as denuncias vão desde lavagem de dinheiro até gestão fraudulenta.

Bumlai, que permanece preso desde o dia 24  de novembro a mando de Sergio Moro, é a peça central do empréstimo de 12 milhões junto ao Banco Shahin, que foram repassados ao PT, conforme confissão do próprio Bumlai.

Polícia adiciona foto de Bumlai com o amigão Lula em documentos da investigação

Além do amigo de Lula, tornaram-se réus o filho de Bumlai, Maurício de Barros Bumlai, e a nora do pecuarista, Cristiane Dodero Bumlai; o clã Schahin – os irmãos Salim e Milton Schahin e Fernando Schahin; o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto; os ex-diretores da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró e Jorge Zelada; o ex-gerente executivo da estatal Eduardo Musa; e o lobista Fernando Baiano.

A roda está se fechando, e a Lava-Jato a cada nova etapa se aproxima mais de Lula.

Delator confessa que aval de Lula garantiu contrato bilionário que perdoou dívida do PT

Com informações: Diário do Poder

Deixe seu comentário!