Dinheiro de fraude contra aposentados foi usado para comprar até videogame para filho de Gleisi Hoffman, diz Istoé

0
1540

Quando se acha que a corrupção desmoralizou demais o país e a classe política, surge mais esta:

Documentos obtidos por ISTOÉ trazem à baila um novo caso digno desse rol: recursos desviados de servidores públicos da ativa e aposentados foram usados para comprar até um videogame da marca Nintendo para o filho do ex-ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (PT), e da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). A documentação está em posse do Ministério Público Federal e faz parte da Operação Custo Brasil, braço da Lava Jato que revelou desvios em contratos de crédito consignado do Ministério do Planejamento, geridos pela empresa Consist.

Segundo o MPF, o chefe do esquema era Paulo Bernardo. Ele comandava a organização que desviou recursos de aposentados endividados. (Fonte: Istoé)

Veja também:

Senadora Ana Amélia para Gleisi: “não tenho polícia atrás de mim”

Após desmoralizar o Senado, Gleisi é severamente repreendida por Lewandoswki

Ricardo Lewandoswki desliga microfone e cala Gleisi Hoffmann em sessão do impeachment

Gleisi Hoffmann tenta intimidar Janaina Paschoal e recebe resposta espetacular

Gleisi é humilhada por Senadora, se irrita e vai embora de “cabeça baixa” de debate

Lembra que Gleisi criticou Moro por investigar “só” o Lula. Pois é, seu marido foi preso e ela também é investigada

Gleisi Hoffmann é humilhada em aeroporto: “Corrupta, Vergonha do Paraná”

Vizinhos de Gleisi Hoffmann aplaudem ação da PF em seu apartamento

 

Deixe seu comentário!