CPI da Lei Rouanet descobre que até banco recebeu aporte de mais de R$ 100 milhões

0
1182
Imagem da internet

Entre os tantos benefícios concedidos pela Lei Rouanet, que isenta empresas de tributos para que financiem projetos “culturais”, a CPI descobriu que apenas 10 empresas faturaram mais de 1 bilhão com aportes desta lei.

O Itaú Cultural, que certamente não tem problemas de caixa, obteve R$131,73 milhões com base nos “incentivos” da Lei Rouanet.

Somente em 2011, primeiro ano da era Dilma Rousseff, artistas “amigos” (sobretudo da Lei Rouanet) faturaram R$182,84 milhões.

Em 2010, último ano do governo Lula, o total de recursos arrancados dos cofres públicos com a lei de incentivo totalizou R$137,43 milhões.

A Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira recebeu R$99,1 milhões e a Fundação Bienal, R$93,2 milhões.

Informações: Diário do Poder

Veja também:

Deixe seu comentário!