Grupo protesta contra desvios da Petrobras que pagaram prostitutas para políticos e diretores

0
1871

Nesta segunda (20) um grupo de feministas marcaram presença na frente da sede da Petrobras, onde protestaram contra os milhares de reais que bancaram festas e prostituição para diretores da estatal e políticos corruptos.

Para a ativista Sara Winter as festas e prostituições bancadas com dinheiro da Petrobras:

“É uma grande falta de respeito que políticos eleitos gastem dinheiro com isso, havendo prioridades como saúde, educação, segurança e políticas públicas para as mulheres”

As denuncias de que desvios da estatal foram usados para bancar prostituições partiu de delatores, que afirmaram que mais de R$ 150 mil foram usados no ano de 2012 para bancar festas e prostitutas de luxo, das quais faziam parte várias “celebridades”. (Leia mais sobre o assunto) (Com informações: Revista Exame)

Deixe seu comentário!