Procurador da Lava-Jato diz que Foro-Privilegiado é como “atestado de impunidade”

0
4705

Segundo o Procurador da República Deltan Martinazzo Dellagnol, um dos coordenadores da Operação Lava Jato, o Foro Privilegiado é o mesmo que uma proteção contra as sanções jurídicas de qualquer crime, gerando em diversos casos a impunidade.

Para Deltran,

“A alteração na disciplina do foro por prerrogativa de função é medida que se impõe porque, atualmente, no Brasil, salvo raríssimas exceções, esse foro funciona como um atestado de impunidade.”

Vale lembrar que após algumas informações de delações e apurações da PF recentes ligando Lula à Lava-Jato, seu nome já é sondado para assumir algum ministério do governo Dilma, fato que se for concretizado o colocará dentro do Foro-Privilegiado, ou seja, tornando uma possível sanção por algum crime que porventura tenha praticado, mais difícil. (Com informações: Agência Estado)

 

Deixe seu comentário!