Depois da ONU alertar para ataques terroristas no Brasil durante Olimpíadas, extremistas brasileiros declaram apoio ao EI

2996

Recentemente um especialista de segurança a ONU alertou para o risco e fragilidade da segurança brasileira, sobretudo durante as Olimpíadas.

>>>Especialista da ONU alerta que Brasil é alvo fácil para o Estado Islâmico

Hoje, 18, um dos assuntos mais repercutidos na mídia nacional foi o manifesto de apoio ao Estado Islâmico de um grupo extremista no Brasil.

Exame – Um grupo extremista no Brasil manifestou apoio ao grupo terroristaEstado Islâmico a 18 dias do início dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. O canal “Ansar al-Khilafah #Brazil” no aplicativo de mensagens Telegram foi revelado pela equipe de monitoramento especializado em atividade de terror SITE Intelligence Group.

Segundo a diretora da instituição, Rita Katz, este é o primeiro grupo do tipo a se formar na América do Sul. Além da aproximação com a Olimpíada, a especialista alerta para o crescimento em tamanho e engajamento de tais grupos com a data do evento esportivo tão próxima.

“Um canal no Telegram chamado Ansar al-Khilafah #Brazil postou uma promessa de fidelidade ao líder do EI Baghdadi”, diz o tweet da equipe.

Katz complementa: “Declaração de fidelidade ao EI é a primeira de um grupo na América do Sul. Preocupante: canais de línguas ocidentais (inglês, português, espanhol, alemão, etc) vem demonstrando drástico aumento em tamanho e engajamento”.

As Olimpíadas estão a menos de 20 dias de seu início e os alertas e ameaças de terror estão cada vez mais contundentes e próximos. Tomara que não, mas infelizmente estamos diante de uma panela de pressão, pronta para explodir.

Deixe seu comentário!