Depois de tanto defender Dilma, ex diretor da Petrobras move ação para responsabilizá-la pela compra de Pasadena

5604

Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras e um dos nomes envolvidos nas investigações da Polícia Federal no escândalo da compra da Refinaria de Pasadena, que gerou um prejuízo bilionário à maior estatal brasileira.

Por algumas vezes o ex-diretor da Petrobras depôs, inclusive no Congresso Federal defendendo Dilma de qualquer responsabilidade pela compra da refinaria sucateada a preço de ouro nos EUA. Na época da compra Dilma era a presidente do conselho da Petrobras.

Segundo o colunista da Veja, Lauro Jardim, os advogados de Cerveró entraram com ação no conselho de ética da Presidência da República atribuindo a responsabilidade pela compra de Pasadena à Dilma. Para a defesa do ex-diretor da Petrobras, se houve administração temerária no que tange à compra da refinaria americana, cabe à Dilma, ex-presidente do conselho administrativo, a responsabilidade.

Deixe seu comentário!