Deputado quer provar que Morte de Campos na verdade foi um assassinato

3637

O deputado federal pelo PC do B de São Paulo Protógenes Queiroz, que também é delegado federal licenciado (em função do mandato eletivo), disse em entrevista ao portal Terra, que esteve no local da queda do avião de Campos em Santos e colheu provas contundentes que o fazem acreditar em atentado contra Eduardo Campos.

Protógenes estava em Santos na ocasião da queda do avião, onde se encontraria com Eduardo Campos, e ao saber da queda da aeronave, se encaminhou para o local, onde começou uma investigação particular.

O deputado disse ao portal que está fazendo uma investigação por conta própria e após as eleições encaminhará os dados coletados para a PGR – Procuradoria Geral da República.

Veja também:
Em Recife pessoas falam em ‘atentado’ contra Eduardo Campos
Nenhuma conversa referente ao voo de Campos foi registrada na caixa preta, segundo FAB
Candidato denuncia comemoração de petistas sobre morte de Eduardo Campos
Com morte de Campos, lei sancionada por Dilma tornando sigilosa a investigação de acidentes aéreos vira assunto nas redes sociais

Protógenes foi incisivo ao dizer que acredita que não tenha sido um mero acidente a causa da queda do avião – “questão do acidente ser normal, na minha convicção, está afastado isso”, disse Protógenes ao portal Terra.

O deputado disse também que policiais federais estão receosos em trabalhar com a possibilidade de atentado, com medo de sofrer represarias

O irmão de Eduardo Campos, o advogado Antônio Campos, divulgou nota dizendo que vai requerer que Protógenes seja ouvido pelo MPF e apresente as provas indicadas pelo Deputado na entrevista ao portal Terra.

Deixe seu comentário!