Desesperada, Dilma diz que o Bolsa-Família vai acabar se ela não vencer a eleição

3338

O perigo eminente de uma derrota petista, tem feito o PT atacar seus oponentes de tal forma que beira o absurdo. Não funcionando, restou atacar o povo, numa tentativa ultima e desesperada de ganhar as eleições.

Dilma parece ter perdido totalmente a linha e já começa a atacar não mais seus oponentes, mas ameaçar o povo, sobretudo os mais humildes que são beneficiários do Bolsa-Família, para o fim do benefício em caso de derrota petista.

Em comício na Zona Sul de São Paulo, no dia 20, sábado, Dilma disse – “Tem uns que dizem que o Bolsa Família, nosso programa mais importante, o programa que nós consideramos o mais forte para reduzir pobreza e desigualdade, junto com emprego e aumento de salário, vai acabar. Vai acabar se eles forem eleitos”

Se o desemprego está em menos de 6% por que mais de 50 milhões são beneficiados com o bolsa-família?

Declarações que mostra o completo desespero petista diante do perigo real de derrota, o qual nunca tiveram desde que Lula alçou o poder.

Só para lembrar, o Bolsa-Família beneficia mais de 14 milhões de famílias, alcançando cerca de 50 milhões de pessoas, ou seja, cerca de um quarto da população nacional. Claro, é a maior arma de compra de votos, arma esta que o PT já começa a usar não mais na surdinha, mas escancaradamente e sob ameaças ao povo de perda do benefício se Dilma perder, para tentar se manter no poder. (Com informações Estadão)

Veja também:
Associação defende que beneficiários do Bolsa-Família sejam impedidos de votar
Aécio diz que manterá Bolsa-Família e anuncia novas ações para combate à pobreza no Nordeste
Senador diz que sem educação, Brasil será refém do Bolsa Família
Vídeo mostra político usando o Bolsa-Família para fazer chantagem eleitoral

Deixe seu comentário!