Dilma faz manobra urgente para evitar reajuste de aposentados e pensionistas do INSS

9771

O que parece absurdo não passa da mais pura verdade. O fato aconteceu na tarde desta terça (24), em que Dilma baixou uma medida provisória mais que depressa para desvincular o reajuste do salário mínimo aos segurados do INSS. Desta forma o projeto, que seria votado e possivelmente aprovado no congresso não chegou à fase de votação graças à essa manobra do governo.

Justificativa

O interesse urgente em desvincular os dois aumentos se deve ao temido impacto sobre os cofres públicos. De acordo com uma projeção do governo federal, com um aumento maior para os aposentados — que hoje têm reajuste apenas com base na inflação — seriam gastos mais R$ 4 bilhões por ano.

A corrupção desvia até 200 bilhões por ano, mas gastar 4 bilhões com aposentados e pensionistas parece pesar para os cofres públicos. Que paradoxo, não é?

Leia mais> Corrupção desvia até 200 bilhões por ano, mas presos por corrupção são apenas 0,1% no Brasil

Com informações do portal EXTRA.

Deixe seu comentário!