Em discurso de candidato, Lula ataca oposição, defende Dilma e diz que vai viajar pelo país

1922

As declarações foram dadas por Lula na noite desta terça-feira (11), durante a abertura da Marcha das Margaridas em Brasília.

Lula voltou a atribuir as críticas à Dilma ao preconceito sexual existente no Brasil “por ela ser mulher”, atacou a oposição, a qual, segundo ele, não se deu conta de que as eleições já acabaram e eles perderam, e elogiou as andanças de Dilma pelo país, certamente seguindo os conselhos de seu ‘criador’, já que uma das grandes intemperes de Lula com relação à Dilma era o fato de que ela não viajava muito pelos Estados brasileiros.

Em tom eleitoreiro, Lula afirmou que está “preparando caminho” para viajar pelo país para defender o governo e o PT.

“…quero dizer agora que estou preparando o meu caminho para voltar a viajar por este país”

“Queria dizer para vocês que há cinco anos deixei a Presidência, e tem gente que me encontra e se queixa de que não falo com a imprensa. Não falo porque não é papel de um ex-presidente falar, porque o papel é da presidenta. Agora, estou quieto no meu canto, mas todo santo dia tem uma provocação, tem uma coisa, e eu estou quieto. Mas quero dizer agora que estou preparando o meu caminho para voltar a viajar por este país”, disse Lula aos milhares de militantes presentes no evento. (Com informações: Zero Hora e Ultimo Segundo IG)

Na manhã desta quarta-feira (12), A marcha da Margaridas foi até a explanada dos Ministérios pedir a “cabeça” de Eduardo Cunha. (Saiba mais)

Deixe seu comentário!