Em despedida do Supremo, Barbosa cutuca ministros: O STF “não é lugar para pessoas que chegam com vínculos a determinados grupos de pressão”

2490

Barbosa participou nesta terça-feira (1), de sua ultima sessão como ministro do Supremo.

Como havia informado anteriormente sobre sua aposentadoria precoce do STF, sendo que o ministro tem apenas 59 anos, e compulsoriamente ele só seria aposentado aos 70 anos. O que teria motivado o ministro a se aposentar foram ameaças que vem sofrendo constantemente desde que assumiu a relatoria do mensalão.

Muito assediado por jornalistas, Barbosa falou como acha que deve ser o perfil de seu sucessor:  “Acho que tem de ter como característica principal ser um estadista, ou um estadista em potencial, que irá se aprimorar aqui dentro”

Veja mais sobre o ministro Joaquim Barbosa:
Maria do Rosário manifesta defesa ao advogado de Genoíno e divulga nota de repúdio a Joaquim Barbosa
Joaquim Barbosa expulsa advogado de Genoíno do plenário do STF
Assista a entrevista completa de Joaquim Barbosa à Globo News
Joaquim Barbosa sofre de doença degenerativa

Barbosa, referindo-se aos pares do Supremo, sem nominar nenhum disse que o STF “não é lugar para pessoas que chegam com vínculos a determinados grupos de pressão”, sobre seu período na suprema corte, que somaram 11 anos, disse que foi um período de “aperfeiçoamento da democracia”.

Sem enaltecer seu legado, Barbosa disse apenas que “Foi um período de privilégio imenso, de poder tomar decisões importantes para o País”

Um dos assuntos mais questionados foi sobre um possível lançamento na carreira política, Barbosa disse que  “é pouco provável” mas não anulou a possibilidade de apoiar publicamente algum candidato, dizendo apenas que a decisão virá “no momento certo, como qualquer cidadão”. (Com informações Diário do Poder)

Veja mais sobre o ministro Joaquim Barbosa:
Senador denuncia bandidos virtuais do PT que ameaçaram de morte Joaquim Barbosa e critica silêncio de Dilma e do PT sobre o caso
PF identifica um dos indivíduos que ameaçaram de morte Joaquim Barbosa, e adivinhe só?
Joaquim Barbosa divulga nota de repúdio a declarações de Lula em TV portuguesa criticando o STF
Joaquim Barbosa critica dirigentes classistas por gastos de R$ 8 bilhões para construção de novos tribunais
Joaquim Barbosa desabafa e alerta o povo brasileiro para esquema montado para defender interesses alheios à lei no STF
Aposentadoria de Barbosa foi motivada por ameaças que tem sofrido

Deixe seu comentário!