Empresa de Claudia Leite recebe aporte de R$ 356 mil via Lei Rouanet para livro da cantora

6019

As informações são de Lauro Jardim.

Mais uma da Lei Rouanet, que, teóricamente, foi criada para incentivar a cultura brasileira.

Segundo Lauro, inicialmente A Ciel, empresa que administra a carreira da cantora, pediu R$ 540 mil via Lei Rouanet ao MinC, mas conseguiu autorização apenas de R$ 356 mil. O livro Trará uma “entrevista exclusiva” com Claudia, letras e partituras dos seus principais sucessos, além de fotos inéditas.

O relatório do ministério que aprovou o pedido garante que “trata-se de uma obra de cunho jornalístico, com entrevista com a artista não só sobre a sua trajetória, mas também impressões sobre o cenário da música nacional e estrangeira.”. Mais: “a obra gera, neste sentido, impacto cultural positivo”.

Veja mais: Governo renunciou à R$ 11,3 Bilhões via Lei Rouanet, mas quer mais impostos

Governo cedeu à namorada de Chico Buarque aporte de R$ 800 mil via Lei Rouanet

Depois de ganhar mais de R$ 4 milhões do governo, Luan Santana grava novo clipe em Cuba

Ministério da Cultura libera capitação de R$ 840 mil para documentário sobre Jean Wyllys, informa site

 

Deixe seu comentário!