Enquanto EUA com apoio de 50 países bombardeia terroristas do ISIS, Dilma diz que Brasil repudia os ataques

5188

O ‘ISIS’, ‘EL’ ou ‘Estado Islâmico’ é um grupo terrorista que quer fazer um califado de acordo com a interpretação mais extrema do Corão. Esse grupo é o é  violento e destruidor, sem nenhuma compaixão contra seus “ditos” inimigos, que são todos aqueles que não se converteram ao Islamismo. O ISIS tem invadido cidades sírias e iraquianas impondo seu califado e matando todos os “impuros”. Assassinatos em massa são promovidos pelo grupo, degolações e crucificações são usadas como forma de punição para quem simplesmente não aderir ao califado. O grupo tem se tornado tão forte que nem mesmo as forças armadas do Iraque e Síria tem conseguido contê-lo e dia após dia seu califado tem avançado, cristãos e todo e qualquer que não se converta ao islamismo está sendo morto diariamente. Apenas para se ter uma ideia, Bin Laden foi aliado ao grupo e se desvinculou por achar o ISIS extremista demais.

Os militantes do “EI” já assumiram o controle de grandes áreas nos territórios de Síria e Iraque, capturaram e executaram soldados, sequestraram jornalistas e ameaçaram o assassinato em massa a minorias religiosas que vivem no Iraque.

Estados Unidos, com apoio de 50 países, inicia ataques ao Estado Islâmico (ISIS)

Com o apoio de cerca de 50 países, conforme informações da BBC, os EUA iniciaram os ataques ao Estado Islâmico (ISIS), na Síria. Os ataques começam duas semanas depois do anúncio do presidente Barack Obama, avisando que os Estados Unidos e seus países aliados fariam uma ofensiva para combater o “EI”. Segundo Obama, o objetivo seria “enfraquecer e destruir” o grupo jihadista.

Dilma fala em nome do Brasil e repudia os ataques americanos contra o grupo terrorista Estado Islâmico

Dilma, em discurso na cúpula do ONU, nesta terça-feira (23), repudiou os ataques americanos contra o grupo terrorista Estado Islâmico – “Nós repudiamos sempre o morticínio e a agressão dos dois lados. E, além disso, não acreditamos que seja eficaz. O Brasil é contra todas as agressões. E inclusive acha que o Conselho de Segurança da ONU tem que ter maior representatividade para impedir esta paralisia do Conselho diante do aumento dos conflitos em todas as regiões do mundo”

É isso aí brasileiro, ela falou por você e por mim, que nós repudiamos os ataques americanos contra os terroristas mais extremistas como jamais se viu. Aqueles que torturam e matam, que degolam e crucificam pessoas em nome de ‘Alá’. Ela repudiou o ataque contra aqueles que diariamente tem mostrados suas mazelas, promovendo homicídios em massa e mostrando ao mundo que são um parasita destruidor dos mais perigosos da história. Parece absurdo, mas é verdade. 

(Com informações: Veja, Correio 24 Horas, BBC, e outros)

Veja também:
Grupo terrorista Hamas elogia gesto diplomático do governo brasileiro contra Israel
Site canadense diz que Síria está a uma decapitação de virar o Maranhão
General diz que exército está pronto para dar a vida contra o comunismo, se for preciso

 

Deixe seu comentário!