Enquanto Putin parabeniza Trump, ditadores da América Latina fazem severas críticas ao novo presidente dos EUA

856

Na madrugada de terça para quarta-feira, após a confirmação da vitória de Donald Trump na corrida presidencial norte-americana, Vladmir Putin telefonou para o novo presidente dos Estados Unidos, demonstrando entusiasmo, afirmando que os dois podem por fim à crise entre as duas nações belicamente mais poderosas do mundo.

Por outro lado, ditadores de esquerda da América Latina fizeram severas críticas à eleição de Trump.

Para o ditador e Evo Morales, da Bolívia, os eleitores foram levados pela política de Trump em armar o povo americano.

“valem mais as armas que os votos”

Trump, em sua eleição fez críticas à política desarmamentista do atual governo dos Estados Unidos, que também era defendido por sua concorrente, Hillary Clinton.

Veja também:

Deixe seu comentário!