Enquete absurda de jornal usa morte de filho de funkeira para pedir que polícia seja desarmada

1608

Na madrugada deste domingo, durante confronto entre traficantes e a polícia militar do Rio, dois jovens foram alvejados, sendo um deles o filho da funkeira Tati Quebra Barraco.

Familiares da funkeira disseram que foi um assassinato, que partiu da polícia.

Policiais da UPP local confirmaram que houve tiroteio e duas pessoas foram atingidas, mas afirmam que houve confronto com traficantes de drogas. De acordo com eles, um grupo de PMs que fazia patrulhamento de rotina foi surpreendido por criminosos armados na Rua Quintanilhas. Segundo os PMs, houve confronto e dois criminosos foram baleados e, com eles, foram apreendidas drogas e armas.

Yuri, filho de Tati, em 2013, com apenas 16 anos, foi apreendido em flagrante por furtar um boné, ele chegou a ser encaminhado para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no Centro, mas foi liberado após a funkeira chegar ao local com dois advogados. Tati ainda é mãe de Carol Lourenço, de 22 anos, e de Mila Cristine, de 12.

O portal Yahoo, aproveitou a notícia para veicular uma enquete sensacionalista em que sugere o desarmamento da polícia.

Deixe seu comentário!