Escola sem partido? Menina defende o capitalismo na prova, de forma sensacional e, tem questão anulada por não responder de acordo com a ‘doutrinação’ escolar

793

Uma mãe indignada compartilhou no Facebook uma questão da prova de sua filha, no qual o motivo não é simplesmente por sua filha ter zerado a questão, mas sim a forma de correção tomada. A mãe não concordou com a correção e questionou a escola, que voltou atrás, concedendo a pontuação máxima da questão. “Escola sem partido? Minha filha contestou ‘que o capitalismo fundamenta a lógica imoral (sic) da exclusão’ e levou um zero. Só obteve o ponto nesta questão manipuladora pois fui à direção da escola questioná-los”.

A introdução da questão dizia: “O processo de globalização, que vive o mundo de hoje, propõe como elemento de estabilidade social, econômica e política, o velho paradigma das leis de mercado. (…) sobrevive só quem tem competência”. Em seguida, vinha o enunciado: “Considerando o texto acima, podemos afirmar que o capitalismo fundamenta a lógica imoral da exclusão. Justifique tal afirmativa”.

Com a resposta a seguir, a aluna levou nota zero: “Não concordo que o capitalismo fundamenta a lógica imoral da exclusão. Muito pelo contrário. O capitalismo amplia empresas, gerando assim, empregos. O capitalismo dá oportunidades a todos, diferente do comunismo e socialismo que não deu certo em nenhum país. A exclusão não está relacionada ao capitalismo, porque ele não gera pobreza. Fica pobre quem quer, pois ele gera oportunidades. E também tem a meritocracia, que deve ser vista como um plus na sociedade, pois quando se recebe uma oportunidade é possível alcançá-la com mérito e dedicação”.

 

Fonte: Extra e Repórter Murici.

 

VEJA TAMBÉM:

E no país do vitimismo, ibope baixo de Maju no JH é culpa do racismo no Brasil

ALERTA! Site lista, sem autorização, seus dados pessoais, endereço e celular na internet

Professora antifeminista é enxotada de faculdade com gritos ofensivos pelos mesmos que se dizem “tolerantes” e “brigam” pelo direito da mulher

Portador do vírus da Aids é curado e anima pesquisadores

Deixe seu comentário!