Fundo do Poço: Expulsa do partido, diante do Plenário vazio, Clarissa Garotinho chora ao defender o pai

1301

Recém expulsa do PR, Clarissa Garotinho discursou nesta terça-feira (22) para um plenário vazio para defender seu pai, preso na ultima semana acusado de compra de votos na ultima eleição.

A deputada chorou e reclamou do tratamento dado ao pai no hospital em que foi internado (ao passar mal repentinamente após saber que seria transferido para uma prisão em outro Estado). A parlamentar reclamou também da ação dos agentes federais, que tentavam cumprir o mandado judicial de transferência de Garotinho para a prisão, enquanto o “doente” resistia à ação policial. Para Clarissa Garotinho, eles agiram com abuso de autoridade.

A deputada chegou a defender também, segundo o portal Diário do Poder, o projeto de lei de “abuso de autoridade” de autoria de Renan Calheiros, projeto este que vem sendo severamente criticado por magistrados e membros do ministério público, por, segundo alguns, promover uma espécie de mordaça à justiça brasileira.

Até Sergio Moro criticou o projeto defendido por Clarisse Garotinho:>>> No Congresso, Moro sugere que Renan articula projeto de Lei para favorecer o crime

Veja o vídeo:

Veja mais detalhes: O ‘doente’ Garotinho, na ambulância, tinha forças para se debater e resistir a transferência para Bangu

Deixe seu comentário!