Heineken é processada por conter lagartixas em lata de cerveja

588

Nos Estado Unidos, um cidadão está processando a Heineken e a empresa controladora da rede de supermercados Ralphs, após ter encontrado, segundo sua alegação, duas lagartixas em uma lata de cerveja. O caso foi em 2015, e só agora o processo está em processo no tribunal.

No processo, George Toubbeh afirma ter sentido um gosto estranho na bebida assim que provou. Em seguida, relata ele, vieram fortes dores abdominais e vômito. A filha dele analisou a lata e encontrou, segundo alega, duas lagartixas mortas.

A Heineken diz que, após investigação interna, a ação carece de mérito e que os seus “produtos respeitam, no mais elevado nível, todos os padrões de segurança”.

A ação solicita indenização, já que o querelante, de acordo com a alegação, sofreu severos problemas gástricos e intestinais, forte estresse, crise de ansiedade e, por causa disso, perdeu vários dias de trabalho – sendo descontado pelas faltas.

Fonte: O Globo e IG.

 

VEJA TAMBÉM:

 

 

Exposição do Banco Santander mostra incentivo á pedofilia, Zoofilia e o responsável é amigo da Maria do Rosário

Polícia divulga vídeos do ‘Massacre de Manaus’. Confira:

Menino deficiente é deixado no corredor da escola enquanto a turma vai ao cinema

Brasil, o país em que o Ministério Público denuncia policial que matou assaltante. Confira:

 

Deixe seu comentário!