Jatinho da Força Aérea levou Marta Suplicy para assistir partida de abertura da Copa

1258

E no mundinho pomposo dos políticos…

Após inaugurar o Espaço da Cultura em Brasília, no dia 11 de junho, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, embarcou em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB) para São Paulo, onde foi ao Itaquerão assistir a partida de abertura da Copa do Mundo no dia 12 de junho. O voo foi classificado como “a serviço”, no entanto, ela só tinha compromissos oficiais na sexta-feira, 13.

De acordo com o decreto presidencial 4.244, de 2002, as aeronaves da Força Aérea podem der utilizadas por autoridades em emergências médicas ou de segurança, em viagens a serviço e para deslocamento às residências nos Estados. O voo da ministra, que decolou às 20h30 para a capital paulista, está classificado como “a serviço”.

Marta Suplicy libera quase 3 milhões de dinheiro público para estilista usar em desfile na França e RACHEL SHEHERAZADE da show em crítica

 

De acordo com a assessoria da ministra, ela viajou em um voo compartilhado com outros três ministros para a sua residência oficial, em São Paulo. No dia 13 de junho, às 17h, ela participou de uma reunião de estratégias de comunicação do ministério, na sede da agência CDN. “É importante ressaltar que a prefeitura de São Paulo decretou feriado no dia da abertura da Copa do Mundo.

Os ministros de Estado foram convidados para prestigiar a partida inaugural do Brasil”, afirma a assessoria em nota encaminhada ao Contas Abertas. No entanto, em Brasília, onde fica a sede dos ministérios, houve expediente até às 12h em todo o poder Executivo. Nos registros da FAB, dois ministros estão registrados no mesmo voo de Marta – o da Justiça, José Eduardo Cardozo, e o da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Guilherme Afif.

Cardozo foi à São Paulo participar da inauguração da Perícia Forense do Ceará, que aconteceu na noite do dia 11 e retornou a Brasilia no dia 12 pela manhã. A assessoria de Afif afirmou que o ministro, que também tem residência em São Paulo, esteve na abertura da Copa do Mundo na condição de ministro de estado e de vice-governador do estado de São Paulo.

Ainda de acordo com a assessoria de Afif, o voo foi classificado como “a serviço” por conta de uma reunião na Associação Comercial do Estado de São Paulo no dia 13, que foi cancelada. Na agenda do ministro, consta apenas uma reunião no escritório do Sebrae em São Paulo, no dia 16 de junho. (Fonte: Marina Dutra – Contas Abertas, editado por Revolta Brasil)

Veja também:

Deputada quer acabar com auxílio-reclusão e criar benefício para vítimas de crimes
Depoimento de Pizzolato denuncia que Lula favoreceu criminosos italianos
Senadora apresenta projeto que torna pessoas que praticam furto em vítimas da mídia publicitária

Deixe seu comentário!