Juiz Moro manda ofício ao STF com críticas duríssimas à Lula

9294

Moro, até pouco tempo era o responsável por julgar possíveis crimes cometidos por Lula no âmbito da Lava-Jato, no entanto, Lula e companhia, com medo de ser pelo por Moro organizaram de dar um alto cargo no governo e com ele o tal foro privilegiado, que serve, entre outros, para dar impunidade a bandidos. Pois é, Dilma chegou a dar posse à Lula no ministério mais importante do governo ( Casa Civil), posse essa que foi declarada irregular por alguns magistrados, e, em ultima instância, por Gilmar Mendes, ministro do STF.

Desesperados com a possível prisão de Lula, que mal alcançou o foro privilegiado e já o deixou, os petistas então pediram ao STF que elevasse os processos contra Lula para o julgamento da Suprema Corte devido a admissão de provas por meio de grampos telefônicos em que o chefão do PT dita as regras do jogo com diversos políticos, ministros de estado e até a presidente Dilma, pessoas que possuem cargos recepcionados por foro privilegiado.

Sergio Moro foi indicado ao STF para vaga de Joaquim Barbosa

Marina Silva exalta Sergio Moro e cobra que Dilma e Temer saiam para haver novas eleições

Sergio Moro é único brasileiro na lista dos maiores líderes mundiais de revista americana

Quem julgou o pedido liminar foi  o ministro Teori Zavascki, concedendo o pedido e retirando os processos relativos à Lula, de Moro, decisão essa que foi confirmada mais tarde pela maioria do STF. Ou seja, Lula, mesmo sem foro privilegiado, conseguiu se safar de Moro.

Para Moro, Lula quis “intimidar”, “obstruir” e “influenciar”

As informações constam de ofício enviado pelo juiz ao STF.

O pessoal governista tentou fazer uma lambança com o ofício enviado por Sergio Moro ao STF, dizendo que ele pediu desculpas pela revelação das escutas de Lula – não foi isso, claro, e explicamos aqui.

Mas sigamos.

Nesse mesmo documento, o juiz da Lava Jato não poupa críticas pesadíssimas à atuação do ex-presidente petista. Em síntese, segundo Moro, Lula queria intimidar, obstruir e influenciar as investigações. E também transcreve trecho em que a intimidação se aproxima da ameaça pura e simples.

A peça tem 30 páginas, e o pessoal, que até há pouco se apegava a um detalhe errado, agora parece ignorar seu inteiro teor.

Petição pede cassação do cargo de Juiz Federal de Sergio Moro

Sociólogo Marxista defende Lula e ameaça Sergio Moro no Twitter

Paulo Henrique Amorim, eterno defensor de Lula e companhia, faz severas críticas a Sergio Moro

Deixe seu comentário!