Lula diz que está “de saco cheio” das denuncias de corrupção contra o PT

3502

Depois da  divulgação de parte do depoimento de Paulo Roberto Costa sobre propinas pagas pelo governo usando recursos da Petrobras para comprar apoio político de aliados, Lula disse nesta quinta (9), que já está “de saco cheio” das denuncias contra o PT, enfatizando que aparecem apenas em período eleitoral, segundo Lula “para acusar petistas, não é preciso ter provas”. Lula atacou também FHC, colocando-o como protagonista do debate de segundo turno.

Sem citar a Petrobras, Lula disse em uma plenária de militantes do partido em São Paulo, que nenhum “tucano bicudo” poderia acusar os petistas de corruptos. Antes de Lula falar, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, já havia dito que o PSDB “não tem moral para chamar petista de corrupto”.

Veja também:
A escola de Lula do “NÃO SEI DE NADA” revela novos adeptos no MENSALÃO DA PETROBRAS
Dilma mostra que aprendeu direitinho com Lula e diz que não sabe de nada sobre propinas na Petrobras
Amedrontados com impacto político, PT e PSB querem acesso à delação sobre a Petrobras
E a casa vai caindo – Ex-diretor da Petrobras diz que Lula SABIA DE TUDO

— Nenhuma denúncia de corrupção pode abaixar a cabeça de um petista. Não podemos admitir que um tucano bicudo venha chamar a gente de corrupto — disse Lula.

O ex-presidente criticou a divulgação de denúncias no período pré-eleitoral:

—Não é preciso provar, é só insinuar. Já estou com o saco cheio. É todo ano a mesma coisa — disse Lula, que ironizou: — Daqui a pouco vão investigar como nós nos portávamos no ventre de nossa mãe.

Opinião
Então é isso, o problema é aparecerem denuncias que impactem a eleição do partido, e não os casos de fato de corrupção, dos quais, os maiores (Petrolão e Mensalão) foram desenvolvidos para beneficiar diretamente o governo petista de Lula e Dilma, usando dinheiro público para pagar propinas para aliados seguirem a risca o que Lula e Dilma indicavam. Precisa dizer mais alguma coisa?

Veja também:
Escândalos que não acabam. Nepotismo na Petrobras pode ter movimentado R$ 700 milhões
Ex-diretor da Petrobras denuncia que governo Lula intensificou uso político da estatal
Dilma defende Graça Foster de escândalos da Petrobras e ordena que ministros também a defendam
Madureira critica governo e diz que CPI da Petrobras não passa de “Teatro”

Deixe seu comentário!