Lula e Dilma torraram R$ 615 mi com cartão corporativo. 95% >>>EM SIGILO<<<

9396

Isso mesmo, apenas 5% de  todos os R$ 615 milhões gastos nos governos Lula e Dilma até agora com cartão corporativo tiveram seus gastos divulgados. 95% dos gastos foram colocados sob sigilo sob o argumento de, pasmem!  ‘SEGURANÇA DO ESTADO’.

A decisão de manter sigilosos os gastos com o cartão corporativo teve início ainda no governo Lula, que decidiu manter os gastos com o tal cartão milionário pago pelos brasileiros, sigilosos, após seus ministros serem flagrados usando verbas dos cartões com gastos “extravagantes”.

Segundo informa Claudio Humberto, do portal Diário do Poder:

Ministros de Lula foram flagrados usando cartão corporativo para pagar tapiocas, resorts de luxo, jantares, cabelereira, aluguel de carro, etc.

A patifaria nos gastos, chegou a tal ponto, (QUANDO AINDA SE PODIA VERIFICAR OS GASTOS, ANTES DE SEREM COLOCADOS SOB SIGILO POR, SEGUNDO LULA –  ‘SEGURANÇA DO ESTADO’, um alto funcionário do Ministério das Comunicações foi flagrado comprando duas mesas de sinuca usando o cartão.

Claudio Humberto, lembra que seguranças da família do então presidente Lula chegaram ao ponto de pagar aparelhos de musculação com o cartão corporativo.

No governo Lula, seguranças de sua filha Lurian pagaram com cartão corporativo R$ 55 mil em material de construção, ferragens etc.

E, parafraseando nosso ex-presidente…”NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS”…

Com informações: Claudio Humberto – Diário do Poder

 

Deixe seu comentário!