Kit gay volta com força total, são bolsas para gays, cotas para gays e ensino de sexualidade a partir dos 6 anos de idade nas escolas

0
17242

Bolsonaro, em meio a protestos e hostilização de alguns presentes, denunciou, durante a votação do Plano Nacional de Educação, que ocorreu no dia 22/04, terça-feira, o conteúdo que deve ser integrado à educação no país que consta no  Plano Nacional de Cidadania e Direitos Humanos de LGBT. Dos 180 temas inseridos no plano, o deputado destacou alguns, como a inserção nos livros didaticos da temática das famílias LGBT, cotas para professores gays, distribuições de livros com tema diversidade sexual para para crianças de 6 a 12 anos, a criação de bolsas de estudo para travestis e transexuais (bolsa gay), desconstrução da heteronormatividade (desconfiguração do reconhecimento da família convencional) através do reconhecimento de todas as configurações familiares protagonizadas por lésbicas, gays, bissexuais e travestis, campanha nacional de sexo seguro para adolescentes LGBT usando personagens adolescentes. O deputado relembra que todos estes temas serão introduzidos na educação para crianças a partir dos 6 anos de idade, nas palavras de Bolsonaro -“todo esse material vai para a garotada a partir dos 6 anos de idade ensinando-as a serem homossexuais”

Bolsonaro ainda lembra que Dilma, depois da pressão da bancada evangélica e outros que são contra este projeto, havia declarado que o projeto não seria levado a diante, e agora aparece novamente, desta vez, ao que parece, mais forte do que nunca para ser implantado nas escolas do Brasil.

Assista as palavras do deputado Bolsonaro:

Revolta Brasil

Deixe seu comentário!