Míssil ucraniano que derrubou avião com quase 300 a bordo teria como alvo Vladimir Putin

950

A informação é da imprensa russa e se for confirmada pode ter consequências ainda piores.

 O Boeing 777 de Malaysia Airlines que caiu nesta quinta-feira no leste da Ucrânia com 295 pessoas a bordo foi derrubado por um míssil ucraniano que tinha como alvo o avião do presidente russo, Vladimir Putin, segundo uma fonte da Aviação da Rússia citada pela imprensa do país.

A fonte, que pediu o anonimato, disse à agência “Interfax” que existe a probabilidade do alvo do suposto míssil ucraniano lançado da terra ou de um caça poderia ter sido o avião presidencial russo.

“Posso dizer que o avião presidencial e o Boeing de Malaysia Airlines cruzaram o mesmo ponto e o mesmo corredor. Isto ocorreu perto de Varsóvia a uma altitude de 10.100 metros. O avião presidencial estava no local às 16h21 ( hora local) e o avião da Malaysia Airlines às 15h44 (hora local)”, disse a fonte.

“As eronaves se parecem, as dimensões também são muito similares e a cor do avião, a uma distância suficientemente grande, também é quase idêntica”, acrescentou.  (com informações UOL conteúdo e RT) Veja mais informações no site local: TR.com

leia mais sobre o assunto>>>Desastre no ar – Avião com 295 pessoas a bordo é atingido por míssil e cai na Ucrânia

Veja também:
Médicos cubanos levam calote do governo e ameaçam fazer greve e “deixar o barco”
Líder Nacional do MST promete “guerra” se Aécio ganhar
Urgente! Rússia quer reativar antiga base soviética em Cuba

Deixe seu comentário!