Mulheres de deputados querem “cotas” de passagens aéreas (as custas do povo)

1135

Na política brasileira absurdo não se mede. Política é feita para servir ao povo (em países sérios é assim que funciona), mas no Brasil a coisa é muito diferente disso.

Agora, quem quer embarcar nas boquinhas bancadas pelo povo brasileiro são mulheres de deputados federais, que, segundo informações do site político ‘Diário do Poder’, se reuniram com o candidato à presidência da Câmara, Eduardo Cunha – PMDB-RJ, para que, se eleito, volte a incluir a previsão de passagens aéreas das esposas na verba de gabinete dos parlamentares.

Novo Ministro da Fazenda de Dilma já assumiu falando em aumento de impostos

Segundo o DP a resposta do parlamentar foi “não esqueci”, mostrando sua flexibilidade para lutar pelo benefício à uma das participantes do chá organizado pela deputada Nilda Gondim (PMDB-PB).

Mulheres de deputados que estavam no evento afirmaram que Cunha procura sempre incluí-las nas conversas. Esposa do deputado Carlos Marun (PMDB-RS), Luciane Marun afirmou participar dos eventos políticos sempre que necessário. “Atuamos por tabela. Estou aqui para mostrar apoio”, disse.

E o povo, como sempre, vai aturando e bancando toda essa vida de reis e rainhas de seus “representantes” enquanto perece sem educação, saúde e todos os serviços públicos.

Paulo Martins critica alta na gasolina e as “boquinhas companheiras” sustentadas pela Petrobras
Ex-ministro de Dilma sobre o PT: “Com muito orgulho quero dizer que eu pertenço a essa quadrilha”
Ex-presidente do STF sobre Petrolão do PT – “Vem aí um maremoto”

Deixe seu comentário!