Teoria diz que Zika Vírus foi criado para Controle Populacional e mostra venda em site

0
10332

A teoria vem sendo discutida e difundida por vários portais pela web e mostram a fonte do site da ATCC, que de fato, vende o zica virus diretamente de seu portal na internet.

Veja abaixo o artigo detalhado sobre o assunto, produzido pelo portal Tô no Cosmos:

‘Notícias recentes sobre o Zika Vírus tem deixado a população em estado alarmante, mais do que a própria doença que já está um caos total pelo mundo, principalmente no Brasil.

O vírus que foi descoberto em 1947, na verdade não foi descoberto de maneira natural, e sim pela bilionária Fundação Rockfeller, em uma pesquisa em um macaco, fazendo muitos acreditarem que fora o resultado de algum tipo de experimento.

Desde então, casos do Zika foram extremamente raros, porém nos últimos anos a número de casos se tornou alarmante na América do Sul, especialmente no Brasil.

mapa zika - To no Cosmos

Curiosamente, essa epidemia no Brasil coincide com os mosquitos geneticamente modificados em 2012, pela companhia britânica Oxitec. Não apenas a epidemia começou após a liberação dos mosquitos de laboratório, como também ocorreu na mesma área.

Coincidência? Uma das teorias envolve o interesse em controle populacional, relação com a indústria das vacinas e Bill Gates, o fundador da Microsoft e, curiosamente, dono da Oxitec, a empresa que realiza os testes dos mosquitos geneticamente modificados no Brasil. A teoria afirma que a melhor maneira de realizar um controle da população seria atingindo mulheres grávidas, gerando uma predisposição ao vírus com a ministração de “vacinas” suspeitas. 

Obviamente, eles alegam que a vacina é vendida apenas para fins científicos, caso contrário não poderia ser vendida. Já o que quem comprar fará, é outra história.

Para os que acham que não passa de uma teoria conspiracionista, a imagem abaixo mostra o produto sendo vendido no site da ATCC, com a referida origem em 1947, e a fonte sendo de um experimento em um macaco na Uganda.

zika venda - To no Cosmos

No final de 2014, o governo brasileiro acrescentou a vacina de dTpa (tétano, difteria e coqueluche) à lista de vacinações de rotina para mulheres grávidas.

A vacinação de dTpa nunca foi comprovada segura para uso durante a gravidez. Na verdade, dTpa é classificada pela FDA (reguladora de alimentos e medicamentos dos EUA) como uma droga de classe C, ou seja, não é uma escolha segura durante a gravidez. O Zika vírus eclodiu no Brasil em 2015, um ano após a vacinação.

OBS.: Sempre há os que não acreditam em nada, e aqueles que acreditam em tudo, e para equilibrar essa balança sabemos tudo tem que ser pesquisado mais a fundo, para evitar ideias errôneas.

No site AntiMedia.org, vemos que falaram sobre o fato da Oxitec ter lançado os mosquitos no Brasil e logo após ocorrer os surtos. Já o site LiveSciencie, falou sobre os mosquitos serem uma solução para acabar com o vírus que já era existente nos locais.

Cabe a cada um entender e assimilar o que achar mais conveniente, porém a verdade permanecerá a que nos contam ou que a nos omitem.’

Veja também: Nobel de medicina confirma: “A cura de doenças não é lucrativa para a indústria farmacêutica”

Deixe seu comentário!