Na Venezuela, do “cumpanheiro” Maduro, escassez de alimentos faz traficantes venderem comida

2262

Na “república” (será?) bolivariana de Maduro, falta de comida nos supermercados faz traficantes lucrarem mais com alimentos do que com drogas e mercado negro de alimentos enche bolso dos criminosos do país, conforme destaca reportagem da BBC.

Em evento, Lula defende financiamento de obras pelo BNDES em Cuba e na Venezuela

“Jaime se dedicava exclusivamente ao tráfico de drogas até que, dois anos atrás, um cliente que trabalhava em um supermercado lhe ofereceu trocar maconha por farinha de milho pré-cozida. Desde então, o traficante se dedica ─ também ─ ao que eles chamam de bachaqueo, atividade ilegal cada vez mais comum na Venezuela, que consiste em revender produtos básicos que nem sempre são encontrados em lojas e pelos quais milhões de venezuelanos passam horas na fila todos os dias.”

Enquanto isso, os “cumpanheiros” esquerdopatas fazem questão de manifestar apoio a essa ditadura que mancha a história moderna da humanidade.

Essa nota não é atual, mas mostra o quanto o PT ama a ditadura venezuelana (a exemplo de outras do Foro de São Paulo)>> PT emite nota em apoio ao ditador Nicolás Maduro

 

Deixe seu comentário!