No Congresso, Moro sugere que Renan articula projeto de Lei para favorecer o crime

2121

Sergio Moro, Juiz Federal que preside os julgamentos da Lava-Jato, foi convidado em audiência pública ocorrida na ultima quinta-feira (4), na Câmara Federal.

Na ocasião, o magistrado falou sobre o projeto de Lei de Renan Calheiros, chamado ‘ Lei do Abuso’, que estabelece severas punições para procuradores e delegados e Juízes, por interpretar a lei.

“Claro que autoridades cometem abusos e devem ser punidas, mas a redação atual do projeto, talvez não tenha sido ideia inicial dos autores, favorece o crime de hermenêutica”, disse Moro aos deputados da Comissão Especial da Câmara formada para discutir o projeto 10 Medidas contra a Corrupção, iniciativa do Ministério Público Federal.

Moro deixou claro ainda que não entrará para a política, “sou Juiz profissional”.
Veja também:

 

Deixe seu comentário!