PF identifica um dos indivíduos que ameaçaram de morte Joaquim Barbosa, e adivinhe só?

3860

Joaquim Barbosa tem sido alvo de diversas represálias, desde que conduziu com “braço forte” o julgamento do mensalão, que terminou na prisão de alguns dos mais importantes homens do PT, como José Genoíno e, o líder do mensalão, José Dirceu.

Joaquim Barbosa, atual presidente do STF, tem sofrido ameaças, inclusive de morte. Um dos indivíduos que ameaçaram de morte Joaquim Barbosa já foi identificado, e adivinha só. Segundo a Revista Veja, o cara é integrante da COMISSÃO DE ÉTICA DO PT.

Os mais graves surgiram quando Joaquim Barbosa decretou a prisão dos mensaleiros José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino. Disparadas por perfis apócrifos de simpatizantes petistas, as mensagens foram encaminhadas ao Supremo. Em uma delas, um sujeito que usava a foto de José Dirceu em seu perfil no Facebook escreve que o ministro “morreria de câncer ou com um tiro na cabeça” e que seus algozes seriam “seus senhores do novo engenho, seu capitão do mato”. Por fim, chama Joaquim de “traidor” e vocifera: “Tirem as patas dos nossos heróis!”. Em uma segunda mensagem, de dezembro de 2013, o recado foi ainda mais ameaçador: “Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas (…). Joaquim Barbosa deve ser morto”. Temendo pela integridade do presidente da mais alta corte do país, a direção do STF acionou a Polícia Federal para que apurasse a origem das ameaças. Dividida em dois inquéritos, a averiguação está em curso na polícia, mas os resultados já colhidos pelos investigadores começam a revelar o que parecia evidente. (Veja)

No ultimo mês alguns militantes petistas encontraram Barbosa saindo de um bar em Brasilia e o perseguiram até seu carro com gritos de ofensas e hostilizando o ministro. Assista ao vídeo : Simpatizantes de Dirceu tentam humilhar Joaquim Barbosa na saída de um bar em Brasilia. Assista. O militante que divulgou o vídeo teve um resultado a revelia do esperado, ele era um assessor parlamentar que acabou sendo demitido.

 

Deixe seu comentário!