Policial venezuelano afirmou à ‘Folha’ que ação contra senadores brasileiros foi planejada

3176

Editorial da Folha de S. Paulo de hoje (19) dão conta de que ‘momentos de terror’ vividos por senadores brasileiros em comitiva ao país vizinho para visitar presos políticos do regime ditador de Maduro, foram ‘orquestrados’.

Segundo informa a Folha, o policial disse que “É EVIDENTE QUE FOI SABOTAGEM” (grifo nosso)

“É evidente que é uma sabotagem. Quando vem uma autoridade estrangeira, nós os escoltamos em fluxo, contrafluxo ou em qualquer circunstância”

Veja mais sobre o caso que estremeceu a relação entre os dois países

Assim que saíram do aeroporto em uma van os senadores foram cercados por militantes do regime de Maduro que batiam no veículo e gritavam palavras de ordem, como “Maduro não morreu, se multiplicou”.

Deixe seu comentário!