Bolsonaro comenta e ironiza massacres ocorridos nos presídios

0
320

Sempre envolvido em polêmicas, o deputado Jair Bolsonaro, que tem intenção de se candidatar à presidência em 2018, publicou nas redes sociais um vídeo que fez em 2015, no qual ele expõe sua opinião a respeito do tratamento de detentos em presídios.

Bolsonaro declara no vídeo que o detento “tem que entender de uma vez por todas que o direito que ele tem é não ter direito”. “As cadeias do Brasil estão uma maravilha porque o objetivo da cadeia é tirar o canalha da sociedade. Tirar o estuprador da sociedade, o ladrão, o sequestrador. Não é uma colônia de férias. Se ele não quer ir para lá, é só não roubar, não sequestrar e não matar, é muito simples”, completou.

VEJA O VÍDEO ONDE BOLSONARO SE PRONUNCIA:

 

O Deputado já tinha demonstrado sua opinião sobre os massacres ocorridos, voltou a falar no caso em sessão da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Ele afirma que “Eu queria que matassem 200 mil vagabundos. Eu estou preocupado é com os inocentes que morrem”, ressaltou, se referindo aos seis policiais militares assassinados, no Rio de Janeiro, nos últimos dias. Além do Deputado Bolsonaro, diversas figuras públicas tem feito várias declarações polêmicas a respeito do tratamento de presidiários e do massacre.

O também deputado federal Major Olimpio (SD-SP) postou uma “brincadeira” que rolava nas redes sócias na qual contava o “placar dos presídios” – Manaus, 56 mortos e Roraima, 30. O deputado também teria dito “Vamos lá, Bangu! Vocês podem fazer melhor! #EuAcredito”. Mas os internautas não aderiram essa “brincadeira” e gerou muitos comentários revoltosos. Na mesma semana o então secretario nacional da juventude Bruno Julio declarou em uma entrevista polêmica dizendo que “Tinha que fazer uma chacina por semana”. Júlio é filho do deputado estadual de Minas Gerais, Cabo Júlio, do PMDB.

Major Olímpio postou em sua página no Facebook o que seria o 'Placar dos presídios"
Major Olímpio postou em sua página no Facebook o que seria o ‘Placar dos presídios”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VEJA TAMBÉM:

Secretário de Temer que disse ‘tinha que fazer uma chacina por semana’ é exonerado do cargo

Cortar luz por falta de pagamento passa a ser proibido em todo território brasileiro

Bolsonaro se pronuncia diante de massacre ocorrido em Manaus

“Massacre” provocado pela briga entre duas facções criminosas no maior complexo penitenciário de Manaus deixa 60 presos mortos.

 

Deixe seu comentário!