Na Argentina, Macri corta impostos e receita agrícola cresce 100%

0
654

Um dos primeiros políticos a por fim à hegemonia da esquerda na América Latina, Macri, que acabou com a mais de década de Kirchnerismo na Argentina, tem, desde o princípio de seu governo, revolucionando a forma de governar, reduzindo o Estado e dando oportunidades para que o povo faça seu próprio país crescer.

Uma das primeiras medidas de Macri foi acabar com o controle cambial e estabelecer um radical corte de impostos que afetavam o setor agrícola, o grande motor da economia Argentina. Hoje, o jornal Clarín informa que a receita deste setor cresceu “apenas” 100% .

É verdade que a desvalorização do peso contribui no momento e é possível que em médio preso ocorra uma valorização da moeda argentina, contudo o câmbio livre e o corte de impostos proporcionam melhores condições de competitividade. O valor da moeda e os preços dos produtos se ajustarão de acordo com a lei de oferta e demanda e não mais de acordo com a cabeça de um burocrata.

 Para o jornalista Paulo Eduardo Martins, as ações de Macri são um verdadeiro “curso de economia a distância” para o governo brasileiro.

Veja também:

Jornalista quer acabar com visita íntima: “cadeia não é motel”

Notícia de que homem foi diagnosticado com cancer nos olhos por usar celular a noite pode ser falsa

Após ter conversa vazada com filho, Bolsonaro faz vídeo explicando a razão da bronca

Deixe seu comentário!