Colegas de sala pediram e estudante é expulsa da universidade por não concordar com o comunismo

0
4860
Universidad Central de Las Villas, Cuba

A universitária Karla María Pérez González passou por momento complicado ao manifestar suas opiniões pessoais referente à política. A jovem que é cubana foi acusada por seus colegas de não estar alinhada com a Revolução Cubana e ter publicado artigos críticos ao governo de Cuba em um blog com o pseudônimo de Oriana.

Os colegas de Karla pediram a expulsão da jovem. E como resposta, o conselho da Federação Estudantil Universitária (FEU) da UCLV e a reitoria informou que Pérez é “integrante de uma organização ilegal e contrarrevolucionária”.

“Junto ao nosso indiscutível, invicto e eterno Comandante em chefe reafirmaremos sempre: ‘…dentro da Revolução, tudo; contra a Revolução, nada”, afirmou a organização, no comunicado publicado no site da Universidad Central de Las Villas.

Raramente, as expulsões de universidades em Cuba por motivos políticos são tornadas públicas.

Karla María Pérez González, estudante

 

Veja mais sobre Comunismo:

Deputada do PCdoB diz que telefone celular foi inventado pelo comunismo e recebe chuva de críticas

Um ex-comunista explica sobre o absurdo que é “levar o comunismo a sério”

Multidão de argentinos invadem as ruas de Buenos Aires para comemorar fim do comunismo

Durante evento, líder do PCB defende morte de todos os que se oponham ao comunismo

Fonte: BBC e G1.

 

VEJA TAMBÉM:

Donos da ‘Playboy’ brasileira são acusados de oferecer crescimento na revista em troca de sexo com as modelos

Enviaram R$ 200 mil não declarados para Bolsonaro. Ele fez um cheque e devolveu

Se você usa usa ou conhece alguém que usa o celular na direção, veja este vídeo e mostre pra alguém

Lembra da brincadeira da ‘vaca amarela’? Sergio Moro disse pra Cabral não brincar e responder sua pergunta

Greve desta sexta feira: Vídeo mostra homem de caminhonete atropelando Petistas em bloqueio da BR-116

 

 

Deixe seu comentário!