Após informe pessimista sobre reeleição de Dilma, Lula diz que “Analista do Santander não entende p* nenhuma de Brasil”

0
10418

Um dos assuntos mais comentados dos últimos dias foi o informe enviado pelo Banco Santander sobre as consequências para a economia brasileira em caso de reeleição de Dilma. Após pressão petista sobre o informe o banco disse que não passou de um mal entendido e os responsáveis foram demitidos.

Sobre o assunto, Lula criticou o analista que fez o relatório enviado aos clientes do banco, segundo Lula  “analista responsável pelo relatório “não entende p* nenhuma de Brasil”. 

Lula discursou ontem na 14ª Plenária da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e afirmou que o Brasil é o país em que o banco Santander mais lucra. O ex-presidente também criticou o fato de a analista do Santander ter chegado a um cargo de chefia. “Pode mandar embora e dar o bônus dela para mim, que eu sei como é que eu falo”, disse.

Leia mais:
A tão temida recessão bate a porta da economia brasileira, país tem 90 % de chances de entrar em recessão
Principal revista de economia do Brasil aponta Itaquerão como o maior golpe de dinheiro público do país
Governo Dilma consegue aprovar lei na surdina, autorizando BNDES emprestar mais de R$ 370 bilhões
Em derrocada que parece não ter fim, projeção de crescimento do PIB brasileiro já é de 0,9%, segundo BC

Segundo o petista, o governo “não vai jogar fora” a confiança que conquistou nos últimos anos. Ele afirmou ainda que a eleição desse ano decidirá se haverá continuidade nas políticas sociais que permitiram conquistas ao povo brasileiro, ou se haverá retrocesso.

O relatório levantou polêmica na internet e o banco foi criticado nas redes sociais. Após a repercussão negativa, o Santander emitiu, na sexta-feira, um pedido de desculpas por ter sugerido o tal cenário, relacionando-o com a vitória de Dilma nas urnas.

Ontem, a presidente foi sabatinada por jornalistas no Palácio da Alvorada, em Brasília. Durante a entrevista, ela classificou o pedido de desculpas do Santander como “protocolar” e afirmou que o episódio foi “lamentável”. Dilma declarou também que terá “uma atitude bastante clara em relação ao banco”.

No domingo, o presidente do Santander Brasil, Emilio Botin, afirmou que os responsáveis pela elaboração e aprovação do relatório serão demitidos, após investigação interna. (Com informações de Arena do Pavini e InfoMoney)

Leia também:
Jornal Financial Times compara PIB e inflação brasileira à goleada sofrida para a Alemanha na Copa
Governo federal não economiza em eventos e gasta quase R$60 mil em joias para presentear convidados
Ministro do Trabalho diz que não há mais trabalhadores para empregar no Brasil
Médicos cubanos levam calote do governo e ameaçam fazer greve e “deixar o barco”

Deixe seu comentário!