Por ampla maioria e na calada da noite, Câmara aprova emenda para acabar com a Lava Jato

974

As informações são do portal ilisp.

A votação foi terminada às 01:23 de quarta-feira na Câmara dos Deputados e aprovou uma emenda às 10 Medidas Contra a Corrupção, que define previsão de crime de responsabilidade para Juízes e Promotores. No projeto inicial este texto não existia. Foram 450 votos a favor contra apenas 1 contra.

Segundo informa o ilisp, a ampla votação dos deputados a favor da medida não tem a preocupação de garantir que todos sejam atingidos pela lei. O foco da medida, como apontado por políticos contrários e à favor da medida durante a sessão, é claro: permitir que Sérgio Moro, Deltan Dallagnol e demais membros da operação Lava Jato que aterroriza centenas de políticos possam ser colocados no banco dos réus, praticamente acabando com a Lava Jato.

Uma das maiores defensoras da aprovação da medida durante a sessão foi Clarissa Garotinho, filha de Anthony Garotinho, que chegou a ser preso na semana passada pela acusação de compra de votos em campanhas eleitorais.

Enfim, chegamos ao fundo do poço moral na política brasileira.

Gleisi Hoffmann é humilhada em aeroporto: “Corrupta, Vergonha do Paraná”

Lula processa João Dória Jr depois de ser chamado de “sem vergonha” pelo empresário

Macri envergonha Dilma e ataca Maduro exigindo liberação de presos políticos na Venezuela

Em tom agressivo, Lula manda oposição “tomar vergonha na cara e deixar Dilma governar”

Ratinho comenta retorno da CPMF: “Ta faltando vergonha na cara”

 

Deixe seu comentário!