Quatro idosos contraíram infecção de vacina e enfermeira disse que “não tinha tempo de lavar as mãos”

319

Após, quatro idosos contraíram infecção após receberem a dose de imunização contra a gripe, na unidade de saúde, em Curitiba. Um morte foi confirmada.

Em sessão plenária na Câmara Municipal de Curitiba, a vereadora Noemia Rocha, citou que a própria enfermeira investigada disse que não tinha tempo para lavar as mãos entre as aplicações de vacinas.

“A priori se pensava que era o local, a falta de higienização, mas daí uma das servidoras afirmou que não tinha tempo de lavar as mãos. Houve um número de 270 aplicações no dia. O que está se concluindo é que a infecção veio das mãos da servidora”, afirmou Noemia, que atuou para fechar a unidade após o caso.

Segundo a vereadora, os únicos casos de infecção a nível nacional foram os registrados na Unidade Medianeira. “Naquele dia ela aplicou vacina em várias pessoas e nas que ela aplicou no período de uma hora, quatro foram parar no hospital e três na UTI”.

Ainda, de acordo com o diretor, o processo administrativo que investiga o caso apontou falta de higiene nos casos de infecção. “Nós não podemos afirmar que foi devido a falta de lavagem das mãos. O inquérito está em conclusão final e deve responsabilizar os envolvidos”, pontuou.

Fonte: Paraná Portal e G1.

VEJA TAMBÉM:

 

 

Adolescente de 14 anos mata vizinha de 13, apenas porquê “deu vontade”

Professora é agredida por aluno de 15 anos após ele ser expulso da sala

Rapaz é abusado sexualmente por motorista e ainda escuta do criminoso: Parabéns, você salvou uma mulher”

Rapaz é abusado sexualmente por motorista e ainda escuta do criminoso: Parabéns, você salvou uma mulher”

Deixe seu comentário!