Renan aparece em mais um escândalo de propinas. Ministério Público pede perda de mandato

6233

Esse é apenas mais um escândalo de recebimento de propina em que o senador é apontado. Recentemente Renan foi citado por Costa (O Homem Bomba da Petrobras) como sendo um dos beneficiários do esquema de propinas da estatal (Veja a matéria), também foi citado como possível beneficiário de propinas para viabilizar contratos com o fundo de pensão dos correios com o doleiro Alberto Youssef (Veja a matéria), que só não se concretizou porque o doleiro acabou sendo preso na operação Lava Jato da Polícia Federal.

Renan e Lewandowski fazem acordo para aumentar salários do STF em até R$ 50 mil

Agora Renan aparece em mais um escândalo de propinas em que o Ministério Público acusa o senador de enriquecimento ilícito, indicando que Renan teve um acréscimo em seu patrimônio desproporcional ao cargo, e de forjar documentos para declarar despesas que na verdade seriam bancadas pela construtora Mendes Júnior, segundo aponta a investigação do MP.

Quem divulgou a notícia foi a Folha de S. Paulo, que teve acesso ao teor da denuncia feita pelo Ministério Público, em que o próprio MP pede à Justiça que Renan, a Mendes Júnior e o lobista Cláudio Gontijo sejam tratados a partir de agora como réus. A Procuradoria da República também recomenda a perda do mandato do senador em caso de condenação. Só lembrando, Renan é Presidente do Senado Federal.

Veja também:
Dilma diz que não há interferência política na escolha de diretores da Petrobras – “Eu escolhi e continuarei escolhendo entre os melhores”
Dilma diz que não há interferência política na escolha de diretores da Petrobras – “Eu escolhi e continuarei escolhendo entre os melhores”
Lula diz que reclamações de Marina sobre ataques do PT são porque ele não à escolheu como sua sucessora

Deixe seu comentário!