Rogério Ceni compara corrupção da CBF com a do Brasil e sugere que Dilma renuncie

2189
SP - FUTEBOL/SÃO PAULO FC/COLETIVA - ESPORTES - O goleiro Rogério Ceni, do São Paulo, concede entrevista coletiva no CT do clube na Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, nesta quinta-feira. A equipe se prepara para a estreia no Campeonato Brasileiro 2014, contra o Botafogo (RJ), no dia 20 de abril. 03/04/2014 - Foto: MISTER SHADOW/ESTADÃO CONTEÚDO

Rogério Ceni, maior ídolo da história do São Paulo, recém aposentado, foi entrevistado pelo UOL em Goiânia, e falou sobre diversos assuntos, entre eles a corrupção na CBF, que segundo ele reflete a corrupção do país como um todo.

Ceni analisou a atual situação do país, observou que as punições que vem sendo implantadas a políticos e grandes empresários corruptos mostra que o Brasil está tomando um caminho de esperança.

O astro não escondeu sua insatisfação com a gestão petista, afirmando que os últimos 13 anos foram da política brasileira foram jogados fora.

Ceni lembrou que já houve a deposição de um presidente, que fez algo errado no passado e sugeriu que o mesmo pode acontecer na atualidade:

“Constatamos algo errado e houve a denúncia. Quem sabe a Dilma não aproveita o mesmo caminho…”

A entreivista na íntegra está disponível no portal UOL

Deixe seu comentário!