Cientista brasileira cria exame pra detectar vírus da Aids em tempo recorde

0
540
Priscila Kosaka, cientista brasileira que faz parte do Conselho Nacional de Investigação da Espanha (CSIC)

Priscila Kosaka é uma grande cientista brasileira que faz parte do Conselho Nacional de Investigação da Espanha (CSIC), que criaram um teste que pode revolucionar o diagnóstico de HIV, um biossensor que pode detectar o vírus da Aids durante a primeira semana após a infecção.

A atual analise é feita através do exame tradicional que só deve ser feito após um mês de exposição a alguma situação de risco, como sexo sem camisinha ou compartilhamento de agulhas. A espera se deve à janela imunológica, um período em que o corpo ainda não produziu anticorpos suficientes para serem encontrados, segundo o site do departamento de IST, Aids e Hepatites Virais do governo brasileiro.

Com o novo teste, ao saber da contaminação, o paciente poderá iniciar o tratamento antes de a carga viral aumentar. Esse início precoce da terapia antirretroviral pode beneficiar na contagem de células CD4, que organizam a resposta imunológica do corpo. “Logicamente, a detecção também é crítica para a prevenção da transmissão do HIV”, conta a cientista.

Além disso, o biossensor também está sendo aplicado na detecção precoce de certos tipos de câncer, como leucemia mielóide, câncer de pulmão e câncer de mama.

 

VEJA TAMBÉM:

Governo paga para Youtubers elogiarem as mudanças no ensino médio.

Ministério Público solicita leilão dos bens de Cabral

Jovem quase fica cega após reação alérgica ao pintar as sobrancelhas

Festival de “feminismo” em SP terá oficina de “guerrilha e vandalismo” neste fim de semana

STF decide que preso em cadeia superlotada deve ser indenizado pelo Estado

 

Fonte:

http://exame.abril.com.br/ciencia/brasileira-cria-sensor-que-detecta-virus-da-aids-em-tempo-recorde/

http://super.abril.com.br/ciencia/brasileira-cria-teste-que-detecta-virus-da-aids-em-tempo-recorde/

Deixe seu comentário!