Mais de 400 índios venezuelanos migraram para o Brasil e disseminaram doenças. Manaus decreta Estado de Emergência

0
346

Imigrantes indígenas de origem venezuelana estão se alojando em massa na cidade Manaus, e por conta disso o município decretou no Diário Oficial, estado de emergência e pediu ajuda ao governo federal. Conforme declaração do prefeito Arthur Virgílio Neto, o pedido de ajuda foi solicitado pela grande quantidade de imigrantes e disseminação de doenças oportunistas entre eles.

Temer não resolve nem a crise do Brasil e pode estar se unindo a Macri pra resolver crise da Venezuela

População apedreja Maduro durante desfile aberto na Venezuela

Venezuela: Sem comida e medicamentos, presos fazem vídeo implorando para não morrer

Segundo a prefeitura, cerca de 400 índios da etnia warao imigraram para Manaus desde dezembro do ano passado e se alojaram em condições precárias nas proximidades da rodoviária da cidade. Logo que chegaram, o grupo sofreu com surtos de catapora e tuberculose. Tamanha quantidade se deve a grande crise política e econômica da Venezuela que, tem levado a população do país a buscar melhores condições de vida no Brasil. A principal porta de entrada é o município de Pacaraima, em Roraima, que faz fronteira com o município venezuelano de Santa Elena do Uiarén.

O estado de emergência é um instrumento usado pelos poderes municipal ou estadual para definirem um regime especial de normas em casos de desastre.

Fonte: Veja e Jornal Nacional.

 

VEJA TAMBÉM:

Lula ameaça Moro e a Lava Jato: “Se eles não me prenderem, eu mando prendê-los”

Também citado nas delações da Lava Jato, Alckmin fala sobre depoimento de Lula a Moro: “ninguém está acima da lei”.

Doria manifesta apoio a Lava Jato e quer “limpeza do Brasil”

Olha ela aí! Marina Silva, que só aparece de 4 em 4 anos, compara Doria à Dilma e diz que os dois são “ineficientes e fracos politicamente”

Sergio Moro: O Homem que sozinho está mudando 500 anos de história do Brasil

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário!