No Dia Internacional da Mulher, países de todo o mundo se preparam para uma ‘greve’ mundial

0
329
Imagem: Revista Veja

Movimentos feministas em todo o mundo estão planejando uma greve geral para o Dia Internacional das Mulheres, no qual elas deixarão de praticar suas atividades profissionais, domésticas e sociais. O movimento de denomina como “um dia sem mulheres”.

“Nosso objetivo é fazer com que as pessoas reflitam sobre o retrocesso nos direitos das mulheres, e pressionem os governos para que tomem as devidas medidas”, disse ao site da VEJA, Klementyna Suchanow, a organizadora do movimento.

A greve das mulheres servirá como protesto contra o feminicídio, o machismo, a desigualdade, toda violência contra a mulher, a exploração das mulheres no trabalho e na economia, e a desumanização feminina. O objetivo final é que todos os tipos de ambientes de trabalho fiquem sem a presença do sexo feminino.

Projeto de lei pretende liberar as mulheres do trabalho quando estiverem menstruadas

Entrevista com feministas: “Sou uma vadia livre…cuide de sua filha porque ela pode se juntar a nós”

Festival de “feminismo” em SP terá oficina de “guerrilha e vandalismo” neste fim de semana

 

VEJA TAMBÉM:

STF nega recurso e Bolsonaro permanece réu no caso com Maria do Rosário.

Após Bruno ser solto, advogados de Macarrão também recorrem ao STF

O dia em que a população de uma cidade se revoltou e queimou casas do Prefeito e a câmara municipal

Chanceler alienada da Venezuela diz que Brasil virou vergonha mundial após saída de Dilma

Ministro do STF suspende exucução da pena de Juiz condenado 8 anos por extorsão

 

Fonte:

http://veja.abril.com.br/mundo/no-dia-da-mulher-51-paises-terao-uma-greve-geral-feminina/

http://www.hypeness.com.br/2017/02/dia-sem-mulher-a-greve-internacional-feminina-que-promete-parar-o-dia-8-de-marco/

http://brasil.elpais.com/brasil/2017/02/10/estilo/1486744741_095547.html

Deixe seu comentário!