Jean Wyllys chama delegado de “burro” no facebook e recebe resposta espetacular. Confira

0
11706

Em comentário em seu perfil no facebook, Wyllys comentou sobre o assassinato de uma jovem chamada Nickolle Rocha, de 19 anos, em Cachoeira do Sul, na Região Central do Rio Grande do Sul, que, segundo a polícia, após relação sexual com dois adolescentes de 15 e 16 anos, foi assassinada por eles.
Wyllys ficou revoltado com o delegado que investiga o caso, para o parlamentar o crime só tem um motivo – HOMOFOBIA – já que a jovem era transexual, no entanto o delegado resolveu tratar do caso de forma técnica e classificou o crime de Homicídio qualificado por motivo fútil e por uso de recursos que impossibilitaram a defesa da vítima.
Jean Wyllys ficou irritado pelo delegado não utilizar a palavra HOMOFOBIA para caracterizar o crime e escreveu um texto com severas críticas ao policial, taxando-o, inclusive, de burro.
Mas Wyllys não esperava que doutor José Antonio, o delegado “burro”, lhe respondesse. Veja a integra do embate abaixo:
cusp

Veja também: 

Ao ser preso, bandido diz ter recebido R$ 26 mil de auxílio-reclusão por prisão anterior

Saiba quem são os 14 senadores que pediram ao CNJ punição para Sergio Moro

Deixe seu comentário!