Senador petista Lindbergh Farias critica aumento de pena para estupradores

1670

As declarações do senador, publicadas no blog Radar Online, da Veja, dão conta de que Lindbergh não ficou nada satisfeito com a decisão do Senado em aumentar a pena para o crime de estupro.

Segundo ele, “qualquer estudante de direito sabe” que não é o tamanho da pena, mas a certeza da punibilidade que impede a prática de crimes.

Disse o senador:

“Somos a única esquerda do mundo que vota ampliação de penas. E ainda faz isso num país com superlotação nos presídios”.

O senador, que como Gleisi, usa grande parte de seu mandato (PAGO PELO CONTRIBUINTE) para defender incondicionalmente Dilma e Lula, criticou a maior rigidez penal para os  estupradores, se preocupou com os “coitados” amparados pelos direitos dos manos que sofrem com a superlotação dos presídios, mas esqueceu de falar que quem  não é bandido não vai pra lá, e em vez de se preocupar com a vítima, parece voltar sua atenção para o maldito que lhe ataca.

Veja mais:

Caiado sugere a Lindbergh que faça exame antidrogas

Grampo da PF pega Lula e Lindenberg: “Vamos pro cacete”, “Pro pau”, “quem tiver artilharia mais forte ganha”

Senador acusa base do governo de tentar blindar Dilma e evitar que seja investigada pela CPI da Petrobras

Saiba quem são os 14 senadores que pediram ao CNJ punição para Sergio Moro

Comitiva de parlamentares “cumpanheiros” da ditadura tem ótima recepção na Venezuela

 

Deixe seu comentário!