TCU divulga lista com 6.603 gestores públicos com 10.233 contas julgadas irregulares

853

O Tribunal Superior Eleitoral publicou nesta terça-feira (24) em seu site, a lista do Tribunal de Contas da União em que constam os gestores públicos com irregularidades na prestação de contas com sentença transitada em julgado. Ao todo 6.603 gestores públicos estão na lista, que conta com ministros, governadores, prefeitos, secretários estaduais e municipais, diretores de autarquias e servidores públicos. Os campeões em irregularidades foram os gestores públicos do Distrito Federal, somando 729 gestores com contas irregulares. Os nome inseridos na lista podem ser impedidos de concorrer à eleição de 2014, conforme análise de cada caso, seguindo os critérios do TSE.

 

 

Unidade Federativa: AC – 119 responsáveis com 182 ocorrências.
Unidade Federativa: AL – 137 responsáveis com 191 ocorrências.
Unidade Federativa: AM – 203 responsáveis com 383 ocorrências.
Unidade Federativa: AP – 145 responsáveis com 224 ocorrências.
Unidade Federativa: BA – 439 responsáveis com 690 ocorrências.
Unidade Federativa: CE – 204 responsáveis com 317 ocorrências.
Unidade Federativa: DF – 729 responsáveis com 922 ocorrências.
Unidade Federativa: ES – 106 responsáveis com 160 ocorrências.
Unidade Federativa: GO – 209 responsáveis com 249 ocorrências.
Unidade Federativa: MA – 513 responsáveis com 1.108 ocorrências.
Unidade Federativa: MG – 467 responsáveis com 657 ocorrências.
Unidade Federativa: MS – 102 responsáveis com 150 ocorrências.
Unidade Federativa: MT – 212 responsáveis com 338 ocorrências.
Unidade Federativa: PA – 305 responsáveis com 508 ocorrências.
Unidade Federativa: PB – 211 responsáveis com 329 ocorrências.
Unidade Federativa: PE – 326 responsáveis com 471 ocorrências.
Unidade Federativa: PI – 194 responsáveis com 324 ocorrências.
Unidade Federativa: PR – 197 responsáveis com 293 ocorrências.
Unidade Federativa: RJ – 399 responsáveis com 491 ocorrências.
Unidade Federativa: RN – 196 responsáveis com 327 ocorrências.
Unidade Federativa: RO – 156 responsáveis com 215 ocorrências.
Unidade Federativa: RR – 97 responsáveis com 194 ocorrências.
Unidade Federativa: RS – 127 responsáveis com 163 ocorrências.
Unidade Federativa: SC – 102 responsáveis com 117 ocorrências.
Unidade Federativa: SE – 191 responsáveis com 255 ocorrências.
Unidade Federativa: SP – 485 responsáveis com 737 ocorrências.
Unidade Federativa: TO – 138 responsáveis com 238 ocorrências.

Para ter acesso ao relatório completo, clique aqui

 

Deixe seu comentário!