Urgente! Ministro do STF afasta Eduardo Cunha do cargo de Deputado Federal

1376

Teori Zavascki, ministro relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu afastar o presidente da Câmara dos Deputados,Eduardo Cunha (PMDB-RJ), do mandato de deputado federal.

A liminar concedida por Zavascki responde à denuncia feita pelo Procurador Geral da República ainda em 2015, que acusa Cunha de ter recebido 5 milhões de dólares oriundos de propina desviada de contratos fechados na Petrobras.

A decisão liminar de Teori deve ser analisada ainda hoje no plenário do Supremo.

Lula defende demissão de Levy e que PT não ataque Eduardo Cunha, diz Folha

Segundo investigações, Eduardo Cunha era beneficiário final de 5 contas na Suíça

Eduardo Cunha aquiva pedido de impeachment contra Dilma feito por Bolsonaro

“Ante o exposto, defiro a medida requerida, determinando a suspensão, pelo requerido, Eduardo Cosentino da Cunha, do exercício do mandato de deputado federal e, por consequência, da função de Presidente da Câmara dos Deputados”, diz o texto a ação cautelar.

Com a decisão, assume o vice-presidente da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA).

Em março deste ano, o STF acatou a denúncia de Janot e, por unanimidade, transformou o peemedebista em réu na Lava Jato pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro.

Veja a íntegra da decisão.

Decisão Liminar Contra Eduardo Cunha by Valéria Bretas

Informações: Revista Exame

Em denúncia, Janot pede 128 anos de prisão para Eduardo Cunha, por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha

Teólogo que afirmou que crise no Brasil é uma farsa, diz que ‘Eduardo Cunha é um bandido político’

Eduardo Cunha classifica OAB de Cartel e diz que entidade não tem nenhuma credibilidade

Deixe seu comentário!