Se eu fosse bandido eu adoraria ter foro privilegiado, diz jornalista à ministro do STF

0
10395

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, foi recebido nesta segunda (04) na roda de entrevistas do programa Roda Viva, mas quem roubou a cena foi o jornalista José Nêumanne Pinto, que fez severas críticas à atuação morosa e contestável da corte máxima do país.

Ministro – “Você não acredita na sua suprema corte?”

José Nêumanne – “Não, não acredito.”

José Nêumanne – “Ministro, eu sou um cidadão direito, mas se eu fosse um bandido, eu adoraria ter foro privilegiado, porque o supremo é muito leniente”

Assista alguns trechos:

Para Gilmar Mendes [e grande parte dos brasileiros] governo usa políticas públicas para comprar votos

Gilmar Mendes sobre Lula: “Fizeram o diabo para impedir o julgamento do Mensalão”

No STF, Gilmar Mendes sugere que Supremo está afastando Moro para proteger corruptos

Deixe seu comentário!